Camila Fontes logo

Como construir qualidade de vida na quarentena

Como seres humanos, nos reconhecemos como pessoa e nos organizamos em sociedade por meio da interação social. Portanto, durante períodos de isolamento, o mal estar psicológico pode se instalar, fragilizando nossa capacidade de adaptação e reação ao estresse do confinamento, e produzindo respostas fisiológicas e emocionais que podem impactar nosso sistema imunológico e a condição de equilíbrio mental para enfrentamento de situações adversas.

Abaixo estão algumas sugestões para minimizar os efeitos do isolamento e quarentena:

Evite o excesso de informações

Não caia na armadilha de acreditar que grande quantidade de informações traz conhecimento, pois o que importa é a qualidade delas, então cuidado com o excesso e as informações falsas, que podem gerar ansiedade e inquietações; procure assistir noticiários apenas uma vez ao dia (geralmente a edição da manhã é capaz de consolidar tudo o que precisamos saber para ficarmos atualizados).

Não trabalhar a solidão como percepção de abandono

A solitude é um estado desejável de privacidade que permite a reflexão e a subjetivação pessoal, mas a solidão pode produzir tristeza em excesso e potencializar traços depressivos inerentes a cada pessoa. Portanto, utilize toda tecnologia disponível para manter-se conectado(a) com a vida e com pessoas que você estima: una-se aos seus familiares e amigos, promovendo boas conversas por meio de vídeo-chamadas, telefonemas ou mensagens.

Faça alguma coisa

Se o ócio não for criativo pode conduzir a um estado de letargia existencial. Encontre nas atividades manuais e físicas, que possam ser executadas em casa, um meio para aliviar desconfortos e preencher o tempo. Mantenha a rotina diária.

Alimente-se bem e com equilíbrio

Aproveite este período para testar novas receitas e organizar alimentos e cardápios saudáveis. Assim você garante estabilização e imunidade para sua mente e corpo. Além disso, procure manter uma boa qualidade de sono, faça exercícios físicos e cuide da sua saúde mental por meio de psicoterapia online, meditação etc.

É importante que todos tomem consciência das dificuldades atuais, exercitando empatia, firmando acordos e regras de convívio, buscando um elevado espírito de colaboração e apoio mútuo, a fim de tornar a vida agradável durante a quarentena.

Tem dúvidas? Quer mais informações? Gostaria de sugerir um assunto para os próximos textos? Deixe seu comentário.

Gostou do texto? Compartilhe.

 

 

Baixe nosso e-book de receitas deliciosas gratuitamente para uma vida mais saudável!

Veja outros artigos

Patê de tofu

“Quintou” com uma receitinha super saudável e fácil pra você! Que tal reproduzir no final de semana e conhecer melhor

Leia mais »

Vamos conversar?

Ficou com alguma dúvida, ou deseja marcar uma consulta?
Entre em contato