Camila Fontes logo

Posso oferecer ovo para o meu bebê de 6 meses?

Há algum tempo, especialistas recomendavam que o ovo só fosse ser introduzido na alimentação das crianças mais tardiamente, após 1 ano ou dois de vida. Isso porque este alimento é um dos que mais manifesta alergia em crianças. Mas estudo mais recentes mostram que a apresentação do ovo no início da introdução alimentar pode ser muito benéfica ao organismo das crianças.

A clara do ovo é riquíssima em proteínas o que irá auxiliar na construção de tecidos e no desenvolvimento dos bebês. Já a gema, é comporta de gorduras boas que irão auxiliar no transporte de vitaminas e aumentarão a densidade energética.

Ainda assim, o ovo é um alimento que apresenta altas taxas de alergias em crianças, e isso está relacionado a complexidade das proteínas presentes na clara. Mas então, como devemos oferecer de forma segura?

O recomendado é que nos 3 primeiros meses de introdução alimentar, se ofereça apenas a gema do ovo bem cozida, para que o intestino do bebê vá se acostumando a digerir aquele alimento. É importante que a primeira apresentação da gema seja feita separada de outros alimentos, porque dessa forma o bebê irá identificar melhor a cor, textura e sabor desse novo alimento que está sendo apresentado.

Já a clara, pode ser oferecida após os nove meses, de forma que esteja bem cozida e durinha. Para bebês, nada de ovo cru, gemada, ou ovo frito ok? Essas outras formas de preparo devem ser ofertadas após 1 ano de vida e compondo uma alimentação muito bem balanceada.

 

Tem dúvidas? Quer mais informações?

Gostaria de sugerir um assunto para os próximos textos? Deixe seu comentário. Gostou do texto? Compartilhe.

 

Baixe nosso e-book de receitas deliciosas gratuitamente para uma vida mais saudável!

Veja outros artigos

Shake proteico

Uma boa opção após os treinos são os shakes proteicos, podendo ser feitos com uma infinidade de variações e frutas.

Leia mais »

Vamos conversar?

Ficou com alguma dúvida, ou deseja marcar uma consulta?
Entre em contato