Camila Fontes logo

Quanto devemos oferecer de água para as crianças?

A ingestão de água é fundamental para o funcionamento de diversos órgãos e do nosso corpo como por exemplo o intestino, os rins, a bexiga, o cérebro e muitos outros. 

Pensando nisso é de extrema importância que em fase de desenvolvimento e crescimento nosso corpo esteja bem hidratado. Mas quanto de água devemos oferecer às crianças? 

Não existe uma medida ideal, pois esse cálculo é baseado em outros fatores como idade, peso, estatura e atividade física. Mas de um modo geral, a recomendação média é feita da seguinte forma: 

  • Antes dos 6 meses: somente leite materno (ou fórmula láctea) é suficiente. 
  • 6 meses a 1 ano: 800ml de água por dia.  
  • 1 a 3 anos: 1,3L de água por dia.  
  • 3 aos 8 anos: 1,7L por dia. 
  • A partir dos 8 anos, 2L por dia. 

Vale lembrar que esses valores são exclusivamente de consumo de água, não incluindo sucos, chás, e outros líquidos que eventualmente possam fazer parte da rotina. 

Outra orientação comumente passada para os pais, é que evitem consumir água muito próximo ao horário das refeições para não prejudicar a digestão e a saciedade. O ideal é que a água seja ofertada nos intervalos até 30 minutos antes das refeições principais.  

É muito importante também, reforçar para as crianças quais são os sinais de sede, para que não sejam confundidos com os sinais de fome. Quando estamos precisando nos hidratar, geralmente os sinais que percebemos são: 

– Urina escurecida e com cheiro mais forte 

– Boca seca 

– Dor de cabeça 

– Cansaço 

– Confusão mental 

Crianças não costumam demonstrar esses sintomas verbalmente, então, esteja atento! 

Água é vida! 

 

 

Tem dúvidas? Quer mais informações?  

Gostaria de sugerir um assunto para os próximos textos? Deixe seu comentário. Gostou do texto? Compartilhe.  

 

Baixe nosso e-book de receitas deliciosas gratuitamente para uma vida mais saudável!

Veja outros artigos

Golden Milk

Conheça os benefícios e aprenda a fazer em casa essa super bebida à base de cúrcuma e extrato vegetal, que

Leia mais »

Vamos conversar?

Ficou com alguma dúvida, ou deseja marcar uma consulta?
Entre em contato